Pulso

Pulso. Pulso. Pulso. O Pulso é difícil. Na verdade, o Pulso é impossível.Quem o conhece superficialmente pode descrevê-lo como uma pessoa que vive unicamente no seu mundo. Quem o conhece bem pode inequivocamente descrevê-lo como uma pessoa que vive única, exclusiva e assustadoramente no seu próprio mundo.

Aceder a esse universo é uma missão sem retorno. A única janela que alguma vez teremos para espreitar para este sítio assombrado e fantástico, para esta montanha russa a oscilar entre baixos de aberrações em sofrimento e de altos de felicidade egoísta e injustificada, é a sua música.

São os rasgões da vida que podemos sentir na sua voz.

Esta voz que contrasta com a figura. A ironia na analogia perfeita. O Pulso é Aquele que Ignora Tudo. E ninguém o culpa por isso.

 

Releases

LINKS